A WeWork arrecadou mais de US$ 11 bilhões em financiamento como uma empresa privada. Olive AI, uma startup de saúde, arrecadou US$ 852 milhões. A Convoy, uma startup de transporte marítimo, arrecadou US$ 900 milhões. E a Veev, uma startup de construção residencial, arrecadou US$ 647 milhões.

Nas últimas seis semanas, todos entraram com pedido de recuperação judicial, falência ou encerraram suas atividades. Esses são os últimos fracassos de uma onda de colapsos de startups de tecnologia que os investidores dizem estar apenas começando.

Depois de evitarem a falência em massa através da redução de custos nos últimos dois anos, muitas empresas tecnológicas outrora promissoras estão agora à beira de ficar sem tempo e dinheiro.

Enfrentam uma dura realidade: os investidores já não estão interessados ​​em promessas. Em vez disso, os fundos de capital de risco estão a decidir quais as jovens empresas que valem a pena salvar e a encorajar outras a encerrar…

Startups de tecnologia dos EUA ficam sem tempo e dinheiro – 07/12/2023 – Tec

UOL

By UOL

Informações atualizadas nas áreas de política, economia, saúde, tecnologia, esporte, entretenimento e conteúdo do público http://www.uol.com.br