A utilização de robôs equipados com armas coletoras e dotados de sistemas de visão computacional e inteligência artificial já é uma realidade em alguns países do mundo, ainda que em caráter experimental.

Em Portugal, dispositivos robóticos criados pela Fieldwork Robotics, uma spin-off da Universidade de Plymouth, no Reino Unido, colhem 1 quilo (kg) de framboesas por hora desde 2021. O principal laboratório para o desenvolvimento desta tecnologia são as estufas de a empresa britânica Summer Berry Company, localizada em Odemira, município do sudeste de Portugal.

Além do desafio de desenvolver braços robóticos sensíveis o suficiente para não machucar os frutos ao arrancá-los do caule, a fabricante trabalha para quadruplicar a capacidade de colheita, permitindo que as máquinas coletem 25 mil frutos por dia, ante os 15 mil que um trabalhador retira. . pé a cada turno de oito horas.



Robôs com braços mecânicos e ventosas são programados para colher frutas

UOL

By UOL

Informações atualizadas nas áreas de política, economia, saúde, tecnologia, esporte, entretenimento e conteúdo do público http://www.uol.com.br